Existem muitos profissionais nas diversas áreas de negócios com potencial para automação – eles só precisam ser treinados.

Existem muitos profissionais nas diversas áreas de negócios com potencial para automação – eles só precisam ser treinados.

Reconhecemos que há uma necessidade crescente de pessoas com habilidades relacionadas à automação, e às tecnologias que suportam a automação de processos.

A demanda por esses profissionais está ultrapassando a oferta, no entanto, à medida que a lacuna mundial de especialistas continua aumentando, há um estudo da empresa de consultoria organizacional Korn Ferry prevendo que até 2030 haverá um déficit de talentos de 85,2 milhões de trabalhadores.

Dada a importância da automação para os negócios, por que não priorizar o treinamento das habilidades nessas áreas para aumentar a oferta de profissionais qualificados?

As organizações devem estar fazendo tudo o que podem hoje para fornecer treinamento, educação e certificação em tecnologias focadas em automação. Eles precisam preparar sua força de trabalho para o “futuro do trabalho”, que, no ritmo em que as coisas estão evoluindo, pode chegar mais cedo do que pensamos.

A automação de processos robóticos (RPA), inteligência artificial (AI) e outras tecnologias de automação devem criar milhões de novos empregos em futuro próximo. Isso pode apresentar enormes oportunidades para profissionais de diversas áreas de negócios, e que desejam ingressar no campo da automação e transformação digital ou que desejam mudar para uma profissão tecnológica sem precisar escrever código.

Com bons programas de treinamento disponíveis, as oportunidades tornam-se realidade – em benefício a esses profissionais e suas empresas, capacitando-os ao novo perfil funcional e atividades.

A empresa de consultoria de negócios McKinsey & Company observou que a reciclagem é uma das principais ações que as empresas precisam adotar para construir a força de trabalho do futuro.

A reciclagem aumenta a capacidade dos funcionários atuais ou novos contratados, ensinando-lhes habilidades novas ou diferentes, de acordo com a empresa, e essas ações “garantem que o conhecimento funcional interno, a experiência e a compreensão da cultura da empresa sejam preservados à medida que os funcionários adquirem as habilidades”.

Líderes da indústria como a Amazon já entendem a importância de fornecer qualificação aos funcionários. A Amazon comprometeu-se a gastar US$ 700 milhões em qualificação.

Uma consideração importante para as organizações é fornecer treinamento em automação por meio de recursos internos ou procurar ajuda de um serviço de treinamento ou instituição educacional de terceiros. A direção a seguir provavelmente se resumirá a se os recursos internos são adequados, os custos do treinamento interno versus o externo, a complexidade do assunto e outros fatores. A SicoloS faz a seleção e ministra os treinamentos, bem como a transferência de Knowhow.

De qualquer maneira, um componente vital para o sucesso na preparação de indivíduos para a próxima era da automação é tornar o treinamento não apenas amplamente disponível, mas aplicável a um grande número de profissionais de negócios e estagiários em potencial.

Muitas pessoas perderam seus empregos como resultado do atual clima econômico, enquanto outras podem estar procurando fazer uma mudança de carreira nos próximos meses devido a preocupações com sua própria carreira futura. Se for dado o treinamento certo, muitas dessas pessoas poderão assumir as posições focadas na automação que as empresas desejam contratar e preencher.

Além disso, como algumas dessas funções serão virtuais, elas podem se encaixar bem no modelo generalizado de trabalho em casa (home office) forçado pelo novo coronavírus de 2019 (COVID-19).

O Global Workplace Analytics, uma empresa que ajuda as organizações entender os argumentos de negócios para estratégias e práticas no local de trabalho, estima-se que 25% a 30% da força de trabalho estará trabalhando em casa, vários dias por semana, até o final de 2021, e isso, mesmo antes da crise da pandemia ser totalmente compreendida, os líderes e organizações empresariais pediam a necessidade de preparar as pessoas para o local de trabalho do futuro.

Enquanto alguns funcionários procuram retornar ao ambiente do escritório, outros consideram o trabalho em casa mais produtivo. Aprender o RPA e outras habilidades de automação pode ajudá-los a permanecer empregáveis ​​à medida que o trabalho remoto se torna mais comum.

Gostou do conteúdo?

Então inscreva-se em nossa Newsletter para receber avisos dos novos conteúdos que iremos publicar!

Visite nosso Blog

Saiba mais sobre o RPA

© SicoloS Tecnologia 2020 – Todos os direitos reservados.
Feito com ❤ por