21 principais ferramentas RPA hoje

21 principais ferramentas RPA hoje

A automação de processos robóticos pode agilizar os fluxos de trabalho de negócios, eliminando tarefas manuais tediosas sem exigir que você reprojete completamente os sistemas legados.

Um botão mágico para automatizar o tédio das tarefas no local de trabalho é a promessa de automação de processos robóticos, um conjunto inteligente de ferramentas que implanta IA – Inteligência Artificial – e opções de baixo código para simplificar os fluxos de trabalho e economizar o tempo de todos, ao mesmo tempo que adiciona proteções que podem evitar erros.

A maioria das organizações tem grandes pedaços de software empoeirado que funcionam perfeitamente bem, mas exigem que os usuários de negócios passem os dias clicando nas mesmas caixas no mesmo padrão e esperando a mesma tela ser atualizada. As ferramentas RPA têm como objetivo substituir esse tédio, adicionando uma nova camada que lida com tarefas repetitivas sem ter que reinventar o código antigo no núcleo.

O RPA também integra novos algoritmos de IA a essas pilhas antigas. Muitas plataformas RPA oferecem visão computacional e ferramentas de aprendizado de máquina que podem guiar o código antigo. O OCR – reconhecimento óptico de caracteres -, por exemplo, pode extrair um pedido de compra de uma imagem de documento carregado e, em seguida, acionar o software de contabilidade para lidar com ele. A capacidade de sugar palavras e números de imagens é uma grande ajuda para negócios com muitos documentos, como seguros ou bancos. 

O maior benefício, no entanto, pode ser como as ferramentas RPA são “programadas” ou “treinadas” – um processo pelo qual os robôs das plataformas “aprendem” vendo os usuários de negócios se afastarem. Este trabalho, às vezes chamado de “descoberta de processo”, pode usar um fluxo de cliques para imitar o que seus usuários acabaram de fazer – semelhante a como as macros de planilha podem ser criadas.

Ainda assim, o RPA não é automático. Há uma quantidade notável de intervenção manual e ajustes necessários durante o treinamento. Às vezes, o código deve ser escrito para lidar com o que não pode ser alcançado por um bot pré-configurado. Mas você não terá que fazer muito disso. Além disso, os bots estão cada vez mais inteligentes, tornando o treinamento mais fácil e os casos extremos menos frequentes. As rotinas de IA também podem ajudar a procurar padrões que podem acelerar os bots no futuro.

O mercado RPA oferece uma mistura de ferramentas novas e específicas e ferramentas mais antigas que receberam recursos para adicionar automação. Alguns começaram como ferramentas de gerenciamento de processos de negócios (BPM) e se expandiram com novos recursos para assumir parte do trabalho. Alguns fornecedores comercializam suas ferramentas como “automação do fluxo de trabalho” ou “gerenciamento do processo de trabalho”. Outros distinguem o RPA de “automação de processos de negócios” dizendo que o RPA inclui rotinas de IA e visão de máquina mais sofisticadas.

Se você está pronto para receber robôs em seu fluxo de trabalho, aqui estão 21 das principais ferramentas de RPA, bem como alguns projetos de código aberto para verificar.

Appian

A Appian adquiriu a Jidoka em 2020 e mudou o nome do produto para Appian RPA , integrando-o ao seu pacote Digital Process Automation. Jiodka é um termo japonês que pode ser traduzido como “automação com um toque humano”, uma referência a como seus robôs de software são treinados para emular humanos interagindo com os sistemas padrão – terminal de mainframe, web, bancos de dados e assim por diante. O ambiente de desenvolvimento integrado de baixo código (IDE) da Appian RPA incentiva a criação rápida de bots personalizados, enquanto o painel rastreia todos os robôs operacionais e pode criar um vídeo da tela para ajudar a depurar os bots implantados na nuvem da Appian.

  • Principais recursos: bots centrados em Java oferecem variedade de plataforma cruzada
  • Principais casos de uso: gerenciamento de clientes e processamento de papelada de conformidade

Automation Anywhere

O Bot Store no Automation Anywhere oferece uma coleção de ferramentas que executam cliques e rastreamento padrão, bem como processos que unem arquivos de dados complexos que flutuam pela Internet. Existem bots para extrair informações de planilhas, arquivos ou páginas da web e bots para armazenar essas informações em bancos de dados para rastreamento de problemas, processamento de faturas e muito mais. Muitos dos bots contam com APIs como a API de análise de imagem do Microsoft Azure. Eles também oferecem uma “ edição da comunidade ” que é gratuita para pequenas empresas com um fluxo de trabalho limitado e um serviço baseado em nuvem , poupando o trabalho de instalar e manter o próprio RPA. 

  • Principais recursos: Uma metodologia de descoberta de processo robusta e um foco em tornar o uso da inteligência artificial mais intuitivo e automático
  • Principais casos de uso: Ferramentas voltadas para o cliente e o usuário: uma nova versão aprimorada do bot Resume Screener, por exemplo, é útil para recursos humanos e recrutamento 

AutomationEdge

Diz-se que os bots da AutomationEdge oferecem “hiperautomação” por meio de uma mistura de interação de API clássica e a IA sofisticada encontrada em bots como o “CogniBot“. O foco é interagir com páginas da web, bancos de dados como SAP e planilhas do Excel. O AI ajuda a gerenciar chatbots conectados aos clientes por meio de uma sessão de chat. Muitos dos bots na bot store são pré-configurados para setores ou seções específicas de uma empresa, como recursos humanos ou relações com o cliente. AutomationEdge também oferece uma versão gratuita limitada em tempo, etapas e alcance. Algumas opções baseadas em IA, como CogniBot, não estão incluídas. Um serviço baseado em nuvem também está disponível para aqueles que não desejam instalá-lo.

  • Principais recursos: Automação do Excel para interface de planilha; integração de sistema legado, como SAP e outras ferramentas de mainframe
  • Principais casos de uso: gerenciamento de bots de bate – papo; processamento de documentos de front, middle e back-office

Blue Prism

A Blue Prism, uma das primeiras empresas de RPA que começou em 2012, empurra a “automação inteligente” que mistura mais IA no processo para simplificar o dimensionamento e os processos adaptativos. A ênfase está no uso de IA e aprendizado de máquina para suavizar a maneira como os bots se comportam ao longo do tempo. Você encadeia uma sequência de ações no início, mas então cada ação gera estatísticas que podem ser usadas para treinar e melhorar as escolhas feitas. A empresa também mantém uma troca digital onde plug-ins e add-ons de terceiros podem ser adquiridos para estender os poderes, criando conexões com bancos de dados tradicionais, como MySQL, provedores maiores, como AWS, e meios de comunicação sociais como o Twitter. 

  • Principais recursos: Grande investimento em IA, incluindo visão de máquina e análise de sentimento; o recurso Decifrar na versão 7 oferece mais opções para detectar e extrair estrutura de documentos digitalizados
  • Principais casos de uso: Diferenciar as experiências do cliente integrando mais fontes de dados; conformidade e integridade de dados

Cyclone Robotics

O RPA Designer da Cyclone é uma opção de baixo código para integrar várias ferramentas em um fluxo de trabalho automatizado e coeso. O OCR eficaz e o aprendizado de máquina do designer de IA podem ajudar, e o Mobile Designer lida com fluxos de trabalho que exigem o uso de plataformas móveis. Os bots podem ser executados localmente ou no Easy Work, a opção de nuvem do Cyclone.

  • Principais recursos: desenvolvido para o mercado chinês com plug-ins que lidam com as principais plataformas e serviços
  • Principais casos de uso: uma ampla variedade de mercados, incluindo celular

Datamatics

TruBots, o nome que Datamatics dá a seus programas individuais, são criados com TruBot Designer, uma ferramenta que permite criar e editar o software. Ele começa observando os pressionamentos de tecla e cliques do mouse com um “Gravador universal”. Muito do trabalho pode ser realizado arrastando e soltando componentes em um designer visual, mas os desenvolvedores também podem ajustar o código gerado pelo sistema em um ¹IDE. Os bots podem ser coordenados com o TruBot Cockpit, e o sistema enfatiza o processamento de texto com ferramentas especiais para digitalizar imagens (TruBot OCR) e dar sentido ao texto não estruturado (TruBot Neuro). O aplicativo TruBot Personal também pode ser instalado em sua própria máquina para lidar com tarefas mais pessoais, algo que a Datamatics chama de “democratização do RPA”.

¹IDE, ou ambiente de desenvolvimento integrado, é um software que combina ferramentas comuns de desenvolvimento em uma única interface gráfica do usuário (GUI), facilitando o desenvolvimento de aplicações.

  • Principais recursos: Integração com AI para OCR e análise de linguagem; integração de mainframe; versão desktop
  • Principais casos de uso: Chatbot e suporte de call center; automação de desktop

EdgeVerve Systems

O sistema AssistEdge ajuda a construir sua infraestrutura de processamento de dados integrando-se às principais fontes de dados e rastreando usuários para descobrir padrões de trabalho comuns com o AssistEdge Discover. Call centers e portais de ajuda ao cliente podem usar AssistEdge Engage para automatizar as tarefas repetitivas de orquestrar vários sistemas legados. Quando possível, o EdgeVerve confia na IA para fornecer ajuda contextual e processar formulários de entrada e outros dados. O sistema de visão de máquina, por exemplo, oferece OCR para acelerar o processamento de formulários. A empresa também trabalha em estreita colaboração com a Finacle, um grande fornecedor de software bancário. Ele também oferece migração do desktop para uma solução em nuvem, bem como uma edição da comunidade de código aberto.

  • Principais recursos: Edição da comunidade de código aberto; integração mais estreita com IA para processamento contextual e visual
  • Principais casos de uso: transações financeiras, agentes digitais, manufatura

HelpSystems

As ferramentas RPA da HelpSystems lidam com uma variedade de tarefas de negócios, desde responder a consultas até gerar relatórios. A ferramenta central de automação da área de trabalho pode extrair fontes de dados e interagir com aplicativos da web distantes e software local, simulando eventos na ¹GUI do Windows. Há uma ênfase especial nas ferramentas do Microsoft Office para produzir muitos dos relatórios, tanto textuais quanto gráficos, consumidos durante o gerenciamento de uma empresa. Trabalhos maiores que abrangem vários desktops podem usar Automate Plus e Automate Ultimate para escala adicional. A digitalização de documentos é feita com o Automate Intelligent Capture. Todos integram recursos de segurança e auditoria para ajudar os gerentes após o desenvolvimento.

Na informática, a sigla ¹GUI refere-se a denominação “Graphical User Interface” (Interface Gráfica do Usuário, em português), que consiste em um modelo de interface do utilizador que permite a interação com os dispositivos digitais através de elementos gráficos.

  • Principais recursos: Integração com aplicativos de desktop da Microsoft
  • Principais casos de uso: processamento de reclamações, setores de serviços

IBM

A IBM oferece uma ampla gama de opções para automatizar tarefas servis, divididas em produtos separados e agrupadas sob a égide do IBM Cloud Pak for Business Automation. As informações entram no pipeline por meio do IBM Data Capture, fluem por caminhos definidos pelo Business Automation Workflow, onde seu local de descanso final é decidido pelo IBM Operational Decision Manager. As equipes podem alterar os fluxos de trabalho e explorar estratégias hipotéticas com as ferramentas de Processing Mining. Todo o software pode ser implementado localmente ou na nuvem da IBM.

  • Principais recursos: Experiência profunda com fluxo de trabalho corporativo; integração com muitos mainframes
  • Principais casos de uso: Captura de dados, gerenciamento de processos científicos e automação de decisões de negócios.

Kofax

ImageTech Systems cria o Kofax, um conjunto de bots que pode sugar dados de tipos de arquivo padrão (Excel, JSON, CSV, e-mail, etc.) e agir de acordo. Um dos recursos mais interessantes é a API Robótica Sintética, uma referência às formas tradicionais de programação. O código escrito em Java, Python ou outra linguagem de programação pode fornecer instruções aos bots, tornando mais fácil para sua pilha regular interagir com o RPA. Os bots também podem ser divididos em ferramentas menores chamadas Kapow Kapplets, que lidam com tarefas específicas localmente. Todo o comportamento é rastreado com análises padrão e relatado por meio de um painel para que você possa observar as falhas robóticas.

  • Principais recursos: Integração com ferramentas de gerenciamento de conteúdo corporativo; plataforma microapps para simplificar a implantação
  • Principais casos de uso: Gerenciando coleções de conteúdo; integração de pipeline de dados

Kryon

O RPA de Kryon possui duas partes . O primeiro “descobre” o processo gravando tudo enquanto é executado silenciosamente em segundo plano nas áreas de trabalho dos funcionários. (Alguns aplicativos e sites podem ser excluídos para privacidade.) Essas trilhas automáticas podem ser editadas no Kryon Studio para ajustar as ações. O código resultante pode ser totalmente automatizado, como um assistente para humanos, ou no modo “híbrido”, que é algo intermediário. As ferramentas da Kyron também incluem IA para extrair números e letras de imagens e algoritmos de aprendizado de máquina mais sofisticados para otimizar o processo ao longo do tempo. Integrar descoberta, análise e implantação é algo que Kryon chama de “automação de ciclo completo”.

  • Principais recursos: Processo de “descoberta” para rastreamento do fluxo de trabalho; automação híbrida mistura automação com assistência
  • Principais casos de uso: Suporte de call center; processamento de documentos

Laiye

Laiye é outra plataforma emergente do mercado chinês para grupos de varejo e outros com extensas necessidades de clientes. Ele integra um chatbot e algum processamento inteligente de documentos para fornecer soluções integradas de automação inteligente.

  • Principais características: Um forte foco no varejo chinês para call centers e outros vetores de suporte ao cliente
  • Principais casos de uso: Suporte de call center; assistência do chatbot; suporte de varejo

Microsoft

A ferramenta Power Automate da Microsoft faz parte da plataforma Power da empresa para a criação de aplicativos, agentes virtuais e relatórios de inteligência de negócios. A ferramenta Power Automate Desktop se concentra na automação de operações comuns do Windows 10 (e superior). A interface amigável permite que todos rastreiem seu fluxo de trabalho e depois o convertam em uma rotina automatizada que pode ser editada. A Microsoft distingue entre operações “assistidas” que podem ajudar o usuário a agilizar o trabalho e resultados “não assistidos” que criam bots que são executados em segundo plano. A ferramenta Power Advisor pode rastrear estatísticas sobre desempenho para localizar gargalos e outros problemas.

  • Principais recursos: Foco na plataforma Windows 10
  • Principais casos de uso: capacitação ampla em toda a empresa

NICE

Os robôs NICE são projetados para funcionar como assistentes supervisionados para humanos ou, se forem competentes o suficiente, como ferramentas de back-office não supervisionadas. Um assistente, NEVA, é classificado como um assistente amigável e “multiplicador da força de trabalho” para cada representante de atendimento ao cliente com problemas de malabarismo. O Scene Composer do Real-Time Designer pode rastrear como cliques e pressionamentos de tecla interagem com as páginas da web. Dados de outras fontes podem ser reunidos por meio de Conectores para fontes de back-office padrão, como servidores SAP, Siebel e .Net. A ferramenta segue um fluxo de trabalho que se desdobra até que a tarefa seja concluída.

  • Principais recursos: Integração entre assistentes de desktop e back-end do lado do servidor
  • Principais casos de uso: Acelerar o fluxo de trabalho criando robôs que primeiro aprendem ajudando humanos antes de obterem autonomia total no back office

Nintex

Para processos com muitos documentos que podem exigir assinaturas, a coleção de bots RPA da Nintex inclui integração mais estreita com ferramentas Office365, Salesforce e Adobe. Os usuários podem sentir que estão trabalhando com papel real, mas o trabalho é feito digitalmente e o fluxo é gerenciado pela ferramenta. A Nintex chama isso de “documentos orientados por lógica”. Você também pode automatizar fontes de dados padrão se não precisar produzir “documentos”. O grupo maior de produtos da Nintex inclui mapeamento de processo sofisticado para descobrir o que está acontecendo e otimização de processo usando analítica para identificar gargalos e pontos lentos.

  • Principais recursos: Integração total com ferramentas de desktop dominantes
  • Principais casos de uso: automação de desktop; rastreamento financeiro e de conformidade

NTT-AT

O WinActor da NTT-AT foi desenvolvido para economizar o tempo dos usuários do Windows, automatizando as etapas mais comuns. Ele se integra às principais ferramentas da Microsoft (Office 2010 a 2016, Internet Explorer 11) para criar fluxos de trabalho sofisticados, registrando as ações de usuários humanos. Eles são transformados em cenários, e os usuários podem acionar esses cenários quando um novo evento ocorre, como a chegada de um e-mail. Uma nova solicitação de informações, por exemplo, pode ser transformada em lead qualificado para o banco de dados de vendas com alguns cliques. A mais recente adição oferece uma “Opção de Conversação” que integra as capacidades do chatbot com os robôs atuais.

  • Principais recursos: Integração pesada com ferramentas Microsoft
  • Principais casos de uso: processamento de e-mail e integração de banco de dado

Pegasystems

A Pegasystems oferece uma ampla variedade de ferramentas que aceleram a integração e o processamento para empresas, incluindo classificadores de IA, chatbots, ferramentas de suporte DevOps e RPA puro. A criação da automação certa pode começar com a ferramenta de rastreamento da força de trabalho baseada em IA da Pega, um bot que é instalado em desktops para rastrear como as pessoas trabalham. Esta pesquisa revelará os gargalos onde o processamento de back-end deficiente pode ser automatizado. A Pega deseja oferecer suporte a alguns dos casos de uso mais comuns, como reconciliação de transações financeiras e integração de novos clientes. A empresa também oferece opções de baixo código para gerenciamento de processos de negócios.

  • Principais recursos: Totalmente integrado com o pacote de ferramentas corporativas para desenvolver, implantar e automatizar o processamento de dados
  • Principais casos de uso: conformidade regulatória e integração

Samsung SDS

O Brity RPA da Samsung SDS é dividido em três partes. O Designer oferece fluxogramas de arrastar e soltar para serviços legados de back-end corporativos e de desktop por meio de uma variedade de conectores. O Orchestrator agenda e executa as várias tarefas em horários predefinidos ou em resposta a eventos, reinicializando máquinas virtuais e simulando todos os eventos que podem ser gerados por um ser humano real. Trabalhos maiores e mais independentes podem ser divididos para serem executados no processador Bot. A Samsung também está integrando uma ampla variedade de rotinas de inteligência artificial (ML, PNL, visual e analítica) e acaba de anunciar um plano para integrar contratos inteligentes e um blockchain à mistura.

  • Principais características: Visa melhorar o fluxo de negócios industriais e empresariais por meio da automação; uma nova integração de blockchain adicionou garantia para nichos de conformidade pesada.
  • Principais casos de uso: economia de tempo e melhoria da qualidade para tarefas voltadas para a empresa

Servicetrace

O XceleratorOne (também conhecido como X1) mescla IA e aprendizado de máquina com um backbone de BPM. O Design Studio de arrastar e soltar oferece soluções orientadas por assistente e o Process Recorder para capturar tarefas repetitivas. Quando os resultados são implantados, o dimensionamento vertical do sistema aprimora as operações paralelas, permitindo que vários bots sejam executados simultaneamente. A Mulesoft da Salesforce adquiriu a Servicetrace para reforçar sua posição no trabalho robótico. Tradicionalmente, a Mulesoft se concentra no suporte a APIs. A combinação produzirá uma potência para automatizar interfaces de usuário e serviços back-end baseados em API.

  • Principais recursos: OCR baseado em IA e um bom editor incentiva o desenvolvimento; fusão recente irá reforçar a integração com fluxos de trabalho baseados em API
  • Principais casos de uso: bancos, serviços públicos e outros setores com forte trabalho orientado para conformidade

UiPath

UiPath oferece uma coleção completa de ferramentas para descobrir fluxos de trabalho e transformá-los em processos autônomos que podem ser editados e ajustados. Esses robôs são controlados pelo Orchestrator, que os aciona em resposta a eventos. UiPath está se expandindo em IA e enfatizando ferramentas de visão de máquina que podem extrair informações de imagens ou capturas de tela. Freqüentemente, eles se concentram no OCR para converter letras e números em formas compreensíveis por máquina.

  • Principais recursos: O ambiente aberto permite a integração de código VB.Net, C #, Python e Java quando os desafios aumentam
  • Principais casos de uso: Integração com soluções de pilha legadas completas; processamento de transação

WorkFusion

Os bots do WorkFusion aprendem suas tarefas em máquinas Windows e depois vão trabalhar em um servidor Windows usando uma mistura de repetição, OCR e um pouco de IA. A arquitetura é ajustada para desafios comuns, como combate à lavagem de dinheiro, reclamações de seguros e decisões de cobertura e serviços bancários. Esses podem ser pontos de partida para qualquer pessoa que esteja lidando com fluxos de trabalho semelhantes. A empresa também oferece o RPA Express Starter gratuito , que é limitado a um bot executado localmente e não vem com acesso aos bots de aprendizado de máquina mais sofisticados; ainda assim, é um bom lugar para experimentar aplicativos mais fáceis.

  • Principais recursos: foco na área de trabalho para começar, com aprendizado de máquina completo disponível
  • Principais casos de uso: E-mail e interação com o cliente; roteamento de tarefas

Código aberto

As grandes empresas geralmente vendem ferramentas proprietárias, embora as edições da comunidade com funcionalidade limitada sejam comuns. Os processos de código aberto são menos comuns, mas muitas vezes você pode realizar muitas das tarefas simples juntando alguns projetos de código aberto. Em muitos casos, você terá que fazer muito mais trabalho para treinar as ferramentas sozinho, geralmente digitando o código em um editor. Ainda assim, eles continuam sendo uma opção interessante. Confira Puppeteer, Selenium e Headless Firefox para um começo básico. 

  • Principais recursos: Acesso de código aberto completo ao código; sem dependência de fornecedor
  • Principais casos de uso: integração com a Web; coleção de dados; teste e verificação

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© SicoloS Tecnologia 2020 – Todos os direitos reservados.
Feito com ❤ por